Varejo híbrido: nova tendência para os negócios


Empresas intensificaram a presença online devido a pandemia e, hoje, o consumidor impõe a necessidade de continuar.


Foto: banco de imagens


Segundo a pesquisa realizada pela Social Miner em parceria com a Opinion Box, 49% dos brasileiros foram afetados pelas adaptações das empresas aos canais digitais e, hoje, preferem mesclar suas compras entre os ambientes online e lojas físicas. A intenção das empresas era melhorar a experiência do consumidor durante o período de pandemia, mas mesmo com o fim da pandemia, a pesquisa mostra de 52% dos entrevistados pretendem continuar as compras online e ir a loja apenas para a retirada do produto.


Em entrevista ao Jornal Empresas e Negócios, Claudio Felisoni de Angelo, economista e presidente do Instituto Brasileiro de Executivos de Varejo e Mercado de Consumo (Ibevar), vê o varejo híbrido como uma tendência global que veio para ficar. "Com a interação do On e do Off, as marcas expandiram suas redes de compra e venda e, agora, devem estar mais presentes durante toda a jornada do consumidor", afirma Felisoni.


Fonte: Jornal Empresas &Negócios

3 visualizações0 comentário