Uberlândia, polo de tecnologia e inovação

Reconhecida no cenário da inovação nacional, Uberlândia tem se transformado em um ambiente favorável ao empreendedorismo.


Por Mariana Palermo

Fotos Divulgação

Foto: Divulgação Prefeitura Municipal de Uberlândia


A UberHub é um ecossistema de inovação, empreendedorismo e startups de Uberlândia que reúne entidades com o propósito de fomentar a criação de empresas com tecnologia, criatividade, inovação e colaboração. O ecossistema reúne hoje mais de 160 players que participam em colaboração para transformar a cidade em um ambiente favorável ao empreendedorismo, atrativa a investimentos e gerações de negócios e formada de mão de obra especializada, como um cenário de inovação nacional. Em números, Uberlândia apresenta diversos cases de sucesso, como Algar, Zup, Sankhya, TQI, Cedro, Kanttum, Softboz/Luiza Labs, Social Bank, Gira, Nagro, Arena, Ipê Digital, IVARE, Landix, Kanttum, Espresso, SnackIn, Alsol e muitos outros. Atualmente, a UberHub afirma que a cidade possui mais de 150 startups, 40 comunidades de inovação e apresentou, somente em 2020, mais de 10 mil oportunidades de vagas anunciadas em inovação. Neste cenário, startups da cidade mineira atraíram investimentos de todo o mundo. Seguem alguns exemplos:

Plabo Sales, CEO da Kanttum


Kanttum, startup uberlandense é adquirida pelo grupo Eleva Educação

Divulgada na Revista Exame, o grupo Eleva Educação, o maior de ensino básico do Brasil, com mais de 120 mil alunos e 200 unidades escolares, fechou uma nova transação dentro do Pátio, seu braço que desenvolve soluções educacionais para o mercado, tanto em conteúdo como em tecnologia. A companhia comprou a edtech Kanttum, voltada à formação e desenvolvimento de professores. Embora o Grupo Eleva não tenha divulgado o valor da transação, no setor de edtech as aquisições costumam variar entre um múltiplo de 5 a 10 vezes a receita - o que significa um investimento provável entre R$ 25 milhões e R$ 50 milhões. Os executivos, contudo, não comentam o cálculo.

Nagro recebe aporte de R$ 64 milhões para se firmar como Banco Digital do Agronegócio

Criada em Uberlândia, a Nagro tem conquistado grandes resultados na oferta de crédito para pequenos e médios produtores. A startup oferece um modelo 100% digital e usa inteligência artificial e ‘machine learning’ na análise de riscos para conceder o crédito, em média, em até 48 horas. Além disso, programada para abril, a ‘agrifintech’ possui o plano de levantar cerca de R$130 milhões e ampliar o portfólio com linhas voltadas ao financiamento de máquinas e aquisição de propriedades rurais.


Outros exemplos de investimentos

- SeedZ adquire Atomic Agro.

- Blips Ativos, startup uberlandense de aluguel de equipamentos recebe aporte de R$ 10 milhões.

- Sankhya adquire Neppo em sua primeira aquisição após receber aporte de R$ 425 milhões.

- Tribanco faz aporte em startup uberlandense e reforça olhar do Grupo Martins para startups.

- Nuvini adquire a startup uberlandense Ipê Digital (R$ não informado).

- Sankhya, empresa uberlandense, recebe aporte no valor de R$ 425 milhões.

- Healthtech Topway recebe aporte de R$ 3 milhões para desenvolver plataforma que ajuda usuários a escolherem suplementos.

- Magazine Luiza adquire 100% da Hub Fintech, fundada por empreendedor uberlandense (R$ 290 milhões).

- Yamo, FoodTech uberlandense recebe aporte financeiro de R$ 4,5 milhões

- Santander compra 80% da startup uberlandense GIRA.

- MC1 adquire controle da Landix (valor não informado).

- Sensix, startup de mapeamento agrícola, recebe aporte de R$ 1 milhão.

- Gloopay, plataforma de pagamento compartilhado, recebe primeiro aporte e planeja expandir seus serviços.

- VITTA comprada em 2020 pela Stone (valor não informado).

- ZUP adquirida em 2019 pelo Itaú por R$ 575 milhões.

- Softbox comprada em 2019 pelo Magalu (valor não informado).

- Alsol comprada em 2019 pelo Grupo Energiza por R$ 11,7 milhões

- ARENA recebe, em 2020, aporte de R$ 11,6 milhões da Redpoint eventures.

- Atomic Agro recebe, em 2020, segunda rodada de investimento de mais de R$ 3 milhões liderado pela Capital Lab. E ainda tem Espresso, Nagro, Polifrete, Kantttum, Netsupport, Rezende Sistemas, G e tantas outras histórias inspiradoras. Além dos investimentos, vale ressaltar fundos e grupos de investimentos importantes que chegaram recentemente em Uberlândia e que prometem aumentar o número de investimentos na região. Exemplos: FCJ Triângulo, AgroVen, entre outros.


Reconhecimento de Uberlândia

- 1ª cidade do Interior do país em inovação.

- 1ª no ranking de cidades inteligentes do país

- Estudo da Teleco, Abrintel e Conexis.

- 1º hub da Indústria 4.0 (OpenMaker).

- 1ª cidade do país em geração de Energia Fotovoltaica.

- 4ª cidade do país em densidade de startups.

- 6ª cidade do país em quantidade de startups

- TOP 3 Brasil em Comunidades de Inovação em 2019 (primeira cidade fora das capitais).

- 12 Indicados TOP 10 Brasil no Startup Awards 2020 e com finalistas TOP 3 em Startup Revelação (IPÊ), Corporate (Brain) e Impacto Social (Social Bank).

- 18 indicados TOP 10 Brasil 2021 e com finalistas TOP3 em Startup Revelação (Nagro) e Impacto Social (Social Bank). - 1º Capítulo Singularity University (primeiro fora das capitais).

- Polo Universitário com duas Universidades Federais e mais de 25 Instituições de Ensino.

- Mais de 2000 jovens inscritos no curso gratuito de programação UberHub Code Club.

8 visualizações0 comentário