Região Leste

Considerada uma das mais atrativas da cidade, região gera valor e atrai investidores.


Por Adriana Bernardes | Serifa Comunicação

Fotos Divulgação


A Zona Leste de Uberlândia está em franca expansão e é considerada uma das regiões mais atrativas da cidade e um vetor para novos investimentos. Estima-se que a região seja formada por 18 bairros e tenha mais de 130 mil habitantes. Para atender à demanda dos moradores, possui em sua extensão tudo que uma região precisa: comércio, serviços, áreas de lazer e entretenimento como clube e parques, a exemplo do Sabiá. A localização, seguida da percepção de que se trata de um bom investimento, é o principal estímulo para muitos consumidores comprarem nas localidades.


Um exemplo de quem apostou nessa região são os acionistas do Grupo Algar que enxergaram oportunidades de criar o primeiro bairro planejado da cidade, que já completa oito anos: o Granja Marileusa. O bairro tem infraestrutura de ponta e proximidade com a natureza, o que propicia bons retornos financeiros para investimentos imobiliários. O projeto urbanístico beneficia a convivência das pessoas em espaços públicos e empreendimentos horizontais ou verticais em uma localização privilegiada, a cinco minutos do aeroporto e a 10 minutos do centro de Uberlândia. Atualmente, o Granja Marileusa conta com 1.800 moradores, uma área de 1.112 mil m² construídos com infraestrutura completa e 24 empreendimentos prontos ou em construção. Em oito anos, o bairro tem 1.300 lotes, 390 apartamentos, 28 empresas de Serviços e Tecnologia instaladas, um centro comercial, o Villa Viseu, que oferece praticidade e conforto no dia a dia de quem está na região como mercados, restaurantes e serviços e uma escola de ensino fundamental e médio, o Colégio Ann Mackenzie. O diretor superintendente do Granja Marileusa, José Inácio Pereira, explica que o bairro planejado puxou o desenvolvimento mais acelerado da Zona Leste. “Planejamento e visão de negócios a longo prazo guiam nossas ações para investimentos sólidos e seguros”.



Centro de Negócios

Firmado como um Distrito de Inovação em Uberlândia, o Granja Marileusa também é um grande centro de negócios. Startups e grandes corporações já presentes no local fomentam a inovação, tornando o bairro ideal também para a construção de empresas, locações de salas comerciais e realização de eventos. Com foco na sustentabilidade, tem uma infraestrutura diferenciada com energia contingenciada com estrutura subterrânea, ultrabandalarga e sistema voltaico. A diretora de Operações do Granja Marileusa, Edina Gouveia, entende a importância de espaços pensados para as pessoas em que a tecnologia se integra à rotina delas. “As pessoas e as empresas que recebemos procuram um bairro moderno, mas que privilegie também o aconchego. Percebemos a cada dia mais que os espaços nos quais convivemos e vivemos têm um pouco da nossa própria identidade”.


Inteligência Artificial: tecnologia aplicada à segurança

Em 2021, o bairro tornou-se pioneiro no país com segurança 4.0 com a implantação do aplicativo Associação de Moradores e Empresas (AME) Segurança, trazendo Inteligência Artificial (IA) como ferramenta de potencialização da segurança pública. A iniciativa da AME contou com investimento em uma grande estrutura para ser a primeira comunidade de Uberlândia a fornecer dados de modo estruturado e autônomo via IA para monitoramento pelo Centro de Operações da Polícia Militar da 9ª Região Integrada de Segurança Pública. O modelo poderá ser utilizado em outras regiões de Uberlândia. O aplicativo AME Segurança, disponível gratuitamente para IOS e Android, permite ao morador, notificar à central privada, ocorrências no bairro como princípios de incêndio, danos em bens públicos, acidentes de trânsito, entre outros. A interface da central de segurança AME estabelecerá contato com a Polícia Militar para mobilização de intervenções no bairro. Para o monitoramento veicular serão registradas as placas dos veículos que entrem no bairro por qualquer um de seus acessos e, caso tenha alguma restrição ou ocorrência, sendo identificado exclusivamente o veículo - não o condutor - a Polícia Militar será notificada da entrada e/ou saída deste veículo, facilitando na prevenção de ocorrências graves.


Prédio de negócios

Um dos empreendimentos que está sendo construído no bairro Granja Marileusa é o Innovatti Center, edifício corporativo com conceito contemporâneo e design arrojado. O empreendimento foi idealizado pela Construtora Altti, Áquila Participações e Dávila Arquitetura, de Belo Horizonte, e o investimento gira em torno de R$ 40 milhões. O Innovatti Center tem 18 andares, 246 vagas de estacionamento e sistema rotativo para visitantes, quatro elevadores modernos e salas corporativas de 25 a 432 m² com infraestrutura para instalação de ar-condicionado. O prédio de negócios terá ainda bicicletário com vestiário e um andar de uso comum com auditório e três salas para reuniões maiores. De acordo com Ewerton Bussada, diretor da Vertex House, agência especializada no segmento imobiliário, o Inovatti Center já tem mais de 70% das unidades vendidas e a estrutura básica da torre já está no último pavimento. O executivo explicou ainda que o empreendimento é voltado para um público selecionado e que tem predisposição para investir numa região que é um polo tecnológico. “O Inovatti Center é um edifício que traz tecnologia de ponta e possui uma infinidade de estruturas. Os elevadores, por exemplo, são da mesma marca e padrões utilizados em edifícios de Dubai. São elevadores muito acima da média dos exigidos para esse perfil de edifício, com velocidade superior, sistema de chamada inteligente, sendo possível digitar o andar e a cabine mais próxima”, detalha Ewerton.


A região Leste de Uberlândia tem um potencial muito grande, inclusive muito em breve terá o lançamento de um novo loteamento da Verde Urbanismo. Trata-se de uma região que se desenvolve muito rápido. Marco Marques Barreto de Mello, diretor da Arez Inteligência Imobiliária, que realiza vendas das incorporadoras e construtoras, conta que foi o responsável pelo lançamento de sete empreendimentos imobiliários nos últimos 10 anos na Região Leste da cidade. “Somos responsáveis por algumas incorporadoras da cidade, inclusive até do próprio Granja Marileusa. É uma região maravilhosa porque cresce exponencialmente por alguns elementos. O principal é que os bairros/empreendimentos já nascem estruturados e planejados. Sendo assim, o contexto de segurança, moradia e serviços, aquilo que é colocado à disposição dos cidadãos é de muita qualidade”. Acrescenta que o Granja Marileusa é um bairro pensado para ser de uso misto, ou seja, oferecer moradia, trabalho e lazer, associado à uma mobilidade perfeita de acessos. Na visão do diretor da Arez Inteligência Imobiliária, o Granja é um bairro muito promissor e todos os outros empreendimentos da região já foram lançados nesse patamar, como Quinta Umuarama, Praça Umuarama, Portal do Vale e todos os outros que estão no entorno. “Como é um local ainda a ser consolidado, a perspectiva de retorno financeiro para quem compra ou investe em um bairro planejado ou no Marileusa é muito grande. Em relação às vendas, todos os lançamentos feitos no bairro, em específico o que trabalhamos, foram sucesso. Hoje, as vendas, até pelo momento que estamos vivendo no país no mercado imobiliário, estão em crescente. Além disso, o fato de termos essa perspectiva de bairro, de consolidação futura e de retorno de investimento aumenta muito mais a procura”.


Agro Shopping Uberlândia

O Agro Shopping Uberlândia tem inauguração prevista para dezembro e está localizado no bairro Custódio Pereira, na Região Leste de Uberlândia, a 3 km do aeroporto da cidade. Com uma estrutura de 48 mil m² de lojas, 150 mil m² de terreno aproximadamente e lojas que vão de 20 a 8 mil m², o empreendimento terá espaços para leilões, auditórios, coworking, concessionárias de tratores e veículos, produtores de flores e especiarias, bares, restaurantes e muito mais. São mais de 1.600 lojas e 60 quiosques visando fortalecer cada vez mais o segmento do mercado agro. O empreendimento deve garantir mais de 1.400 vagas de empregos, além de R$ 126 milhões em investimentos.


10 visualizações0 comentário