Projeto de escola em Uberlândia, promove Feira Literária

Promovida pelo Colégio Nacional, a feira ocorrerá hoje e disponibilizará livros usados, em bom estado e com preço acessível.

Foto: banco de imagem


Colégio Nacional promoverá amanhã(09) uma Feira Literária na sede do colégio com objetivo de vender livros usados, em bom estado, por um preço acessível. O evento é aberto ao público e acontece das 10h às 11:35h e das 15:30h às 17h, na sede do colégio, à Rua México nº 208, unidade 2.


A iniciativa foi de um grupo de alunos do colégio, que através do Programa Interdisciplinas de Empreendedorismo e Inovação (InovaNaça), buscam estimular a leitura de todos que possuem interesse a literatura, com foco principalmente nos interessados que não podem pagar.

O evento contará também com um brechó, exposições de trabalhos artísticos e lançamentos e-books — livros digitais que possuem o preço inferior aos livros físicos —, tudo feito pelos alunos que elaboraram também um jogo de caça ao livro, com enigmas e pistas para encontrar um vale presente da Leitura no valor de R$100.


Além disso, também haverá o sorteio de uma cesta de chocolates para os participantes que doaram livros e um quiz no Kahoot de conhecimento gerais com prêmio ao ganhador.


A feira contará com a presença de artistas regionais, apresentação da Bela Riquieri, aluna do nacional, além de exposição dos próprios alunos, com obras de outros programas existentes no colégio, como o “Pequenos Escritores”, criado pelos alunos do 9º ano do Ensino Fundamental. A feira desenvolvida para a disciplina acrescentada na grade curricular do novo ensino médio foi realizada pelo grupo de alunos conhecido como “Amalth” e conta os seguintes participantes: Ana Júlia Sousa Oliveira, Amanda Martins da Cunha, Larissa Samilly Nunes de Oliveira, Maria Clara Assunção Cavalcante Amaral, Thaíssa Yanne Vieira Sousa, Ana Clara Passos Ribeiro, sob a supervisão do professor Léo Veloso com objetivo de fazer com que os alunos criem um negócio. “Assim, eles desenvolvem as habilidades importantes para o cidadão do século XXI: criatividade, planejamento e resolução de problemas complexos”, conta o professor.

Foto: Ares Comunicação

48 visualizações0 comentário