Procura por cafés especiais sobe cerca de 30% em Uberlândia

Em conversa com os empresários do ramo, o Diário de Uberlândia publicou um crescimento de 30% na procura pelos últimos anos.

Foto: Banco de imagem


Em conversa ao Diário de Uberlândia, empresários donos de cafeterias em Uberlândia falaram sobre o crescimento da procura por cafés especiais e as expectativas para o próximo ano.


Felipe Raphael Jardim Scarpim, dono de uma cafeteria há três anos, disse que diante da pandemia procurou novas alternativas para agradar os clientes: além de oferecer pacotes de café aos clientes e trabalhar com cafés especiais, a cafeteria de Felipe passou a torrar o café em grãos comprados diretamente do produtor. "Eles mandam o café cru e nós fazemos a torra. Antes trabalhávamos com cafés com no máximo 30 dias de torra, hoje com no máximo 15 dias de torra", explicou.


Patrícia Alves Rodrigues é proprietária há mais de 11 anos de uma cafeteria da cidade e observou o aumento de 30% na procura por café especiais no estabelecimento. Para o ano que vem, a empresária pretende acrescentar de cinco tipos de cafés no cardápio. Tanto ela como Felipe acreditam que após experimentarem o café especial, é difícil para os clientes voltarem ao café tradicional, por isso a tendência do mercado é ir cada vez mais inovando.


Fonte: Diário de Uberlândia

6 visualizações0 comentário