Pesquisas garantem indicação de origem do mel de aroeira do Norte de Minas

Inpi fomenta desenvolvimento da apicultura local e reconhece a qualidade de produto regional.

Foto: SRVO-Funed / Divulgação


Pesquisas desenvolvidas pela Fundação Ezequiel Dias (Funed) garantiram o selo de denorminação de origem feito pelo Conselho de Desenvolvimento da Apicultura Norte Mineira (Codeanm) e p registro de Indicação Geográfica (IG), na categoria Denominação de Origem, foi concedido pelo Instituto Nacional de Propriedade Industrial (Inpi).


As pesquisas foram realizadas pelo Serviço de Recursos Vegetais e Opoterápicos (SRVO) da Funed e publicadas em periódicos reconhecidos internacionalmente, como a Apidologie e Plant Biology. E mesmo após a conquista do selo de Indicação Geográfica, outros estudos com o mel de aroeira continuam sendo desenvolvidos pela Funed.


Os estudos foram financiados pelo Banco do Nordeste do Brasil e pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig). Fonte: Agência Minas Gerais

1 visualização0 comentário