top of page

Muito além do que se vê: “A arquitetura e o design do ambiente são o âmbito físico da vida humana”

Por Francianne Moraes

Fotos Divulgação


Muitas pessoas passam grande parte do tempo vivendo em ambientes fechados, e ali produzem, relacionam-se, interagem umas com as outras, e por isso é mais do que necessário que eles sejam bem pensados e adaptados de forma que atendam às necessidades de quem ali está. Mas, muito mais do que ‘construir’ espaços, é importante levar em consideração que estes são capazes de produzir emoções.


Nem sempre ambientes agradáveis aos olhos são necessariamente capazes de gerar determinados tipos de sensações por não se pensar dentro da perspectiva da psicologia do ambiente.


Condições de iluminação, materiais, texturas, cores, paisagismo, adornos, mobiliário são características espaciais que emitem informações para nossos sentidos, afetando a maneira como nos relacionamos com o espaço. Então, o mais importante é saber o que quero sentir naquele ambiente, quais sensações desejo que as pessoas que ali convivem tenham, como posso modelá-lo de forma que alcancem o humor e as emoções positivamente, e assim promovam maior qualidade de vida aos seus usuários.


É nossa responsabilidade como arquitetos e designers buscar soluções que promovam o bem-estar destes, não apenas físico, mas também mental. Podemos dizer, portanto, que a ‘arquitetura e o design do ambiente são o âmbito físico da vida humana’.


Ali as características ambientais podem não serem vistas ou apreendidas pelos nossos sentidos, mas são responsáveis por influenciar nosso comportamento e humor. Fazer arquitetura não deve ser um movimento meramente construtivo, mas deve considerar o que é realmente importante para a vida das pessoas, quais são suas necessidades e de que forma aquele ambiente pode afetar suas vidas.


E foi justamente considerando tudo isso, que ao pensar e criar o projeto da nossa imobiliária LMoraes Imóveis de Oportunidade, minha principal preocupação era: o que nosso cliente vai sentir ao entrar ali, como a identidade da empresa (considerando princípios, valores e ramo de atuação) será traduzida neste espaço e como o ambiente pode motivar nossa equipe diariamente a ajudar seu cliente na concretização do seu sonho. Tenho muita alegria ao ver que nosso espaço tem correspondido nossas expectativas no que tange às emoções, e que surpreendentemente tem atraído amigos, parceiros e clientes de uma forma tão positiva. Afinal, além de toda beleza estética, o sonho e o bem-estar estão muito além do que se vê.


Francianne Moraes é psicóloga comportamental,

especialista em Gestão Estratégica de Pessoas

e Design de Interiores.

7 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page