Jovem cientista representará a UFU em feira internacional nos EUA

A estudante do ensino médio representará Uberlândia com sua pesquisa sobre a ação do própolis no combate a doenças periodontal.

Foto: Arquivo pessoal | Comunica UFU


Com apenas 17 anos, Maria Eduarda Ferreira foi contemplada no segundo ano do Ensino Médio, em 2020, com uma bolsa de Iniciação Científica pelo Programa Institucional de Iniciação Científica do Ensino Médio (Pibic-EM), por convênio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), em parceria com Universidade Federal de Uberlândia (UFU).


Com objetivo de analisar a atividade antibacteriana do própolis verde, um composto natural produzido pelas abelhas para combater as doenças periodontais, a pesquisa da jovem identificou a inibição do crescimento de oito bactérias trabalhadas no estudo através da atividade antibacteriana do própolis.


O estudo desenvolvido por ela teve orientação do professor Carlos Henrique Gomes Martins, do Laboratório de Ensaios Antimicrobianos (LEA) e do Instituto de Ciências Biomédicas (Icbim/UFU), e co-orientação de Nagela Bernadelli, biomédica e doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Imunologia e Parasitologia Aplicadas (PPIPA/UFU), além de uma colaboração do professor Jairo Bastos, da Universidade de São Paulo (USP) e dos professores Ricardo Ambrósio e Rodrigo Veneziano, da Universidade de Franca (Unifran).


Em junho do ano passado, ainda no Ensino Médio, Ferreira participou da segunda edição da Feira Brasileira de Jovens Cientistas (FBJC). Na ocasião, ela ganhou o Prêmio de Excelência em Pesquisa, ficou em segundo lugar na categoria de Ciências Biológicas e conquistou uma credencial para participar da 20ª edição da Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (Febrace).


A Febrace aconteceu entre os dias 14 e 26 de março deste ano e, agora com 17 anos, a aluna ganhou outros dois prêmios e uma credencial para a Feira Internacional de Ciências e Engenharia Regeneron (Isef), em Atlanta, nos Estados Unidos, entre os dias 7 e 13 de maio. As novas premiações foram o primeiro lugar na Categoria Geral Ciências Biológicas e o prêmio da Sociedade Brasileira de Bioquímica e Biologia Molecular (SBBq).


Fonte: Túlio Daniel | Comunica UFU

1 visualização0 comentário