top of page

Inconew destaca liderança das mulheres na empresa

Participação das mulheres no setor da construção cresce no Brasil e empresa mineira comemora liderança de seu time feminino.


Publieditorial

Fotos Mauro Marques

“Sinto que agregamos muito umas às outras, cada uma na área em que domina”, Juliana Ananias, Gerente de Operações.

“O conhecimento técnico é o que vai nos diferenciar no mercado” - Christianne Marie, Supervisora de Engenharia e Projetos.

Na Inconew, construtora com experiência em obras comerciais, residenciais, industriais e loteamentos, a participação das mulheres em papéis de liderança vem contribuindo para o cumprimento da missão de conciliar inovação com uma gestão eficiente. Com um histórico de projetos entregues e ampliação no portfólio de clientes, a Inconew se destaca por assumir projetos cada vez mais ousados. O último anunciado, a construção do World Trade Center de Uberlândia. O primeiro empreendimento com a marca WTC em uma cidade do interior do Brasil. Para Pedro Paulo Pina Ferreira, CEO da empresa, “poder conciliar inovação com gestão eficiente é o que alavanca o crescimento da construtora e esses são atributos que encontramos na maneira das mulheres liderarem”.


Mas esse protagonismo das mulheres na área da construção ainda é algo incipiente no Brasil. O que faz do caminho escolhido pela Inconew ainda mais disruptivo. Nos últimos anos a participação feminina no mercado da construção civil, um nicho historicamente dominado por homens, vem aumentando. Na construção civil esse crescimento foi da ordem de 5,5% em 2020. Estes são os dados mais recentes do Painel da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS), do Ministério do Trabalho. Os números mostram que os postos ocupados por mulheres na indústria da construção saíram de 205.033 em 2019 para 216.330 no ano seguinte. Na Engenharia Civil as mulheres também conquistaram mais espaço.


Porém ainda estamos longe de uma situação igualitária no país. De acordo com uma recente pesquisa realizada pelo Conselho Federal de Engenharia e Arquitetura (Confea), o percentual de mulheres registradas como engenheiras no Brasil corresponde a 19,3% do total. São 199.786 mulheres engenheiras de um total de 1.035.103 profissionais. Todavia, se os números do mercado de trabalho, apesar de otimistas ainda demonstram um grande caminho a ser trilhado, na Inconew essa jornada já está sendo feita com a participação das mulheres em projetos cada vez mais ousados. Como os assumidos pela gerente de operações da empresa, Juliana Ananias. Responsável por uma gestão de dez mil lotes, cinco mil unidades habitacionais e de empreendimentos comerciais como o World Trade Center, Juliana lidera seu time com a consciência de que há um ambiente diferente para as mulheres no setor: “a construção civil sempre foi vista como um universo masculino e aos poucos as mulheres foram conquistando seu espaço. Hoje na Inconew divido grandes responsabilidades com mulheres competentes e experientes que admiro, sinto que agregamos muito umas às outras, cada uma na área em que domina”, diz.


A rotina de Juliana se divide entre a comunicação com as diversas áreas da empresa envolvidas em projetos amplos, reuniões semanais, acompanhamento de prazos e a geração de resultados. Uma atuação plural e multidisciplinar que culturalmente atribuímos como virtudes femininas. Mas, na Inconew a atuação das mulheres passa longe de clichês. Christianne Marie, supervisora de engenharia e projetos, atua na frente de inovação da empresa. Passam por ela frentes como as certificações ISO 9001 e PBQPH, além da participação da empresa em associações como o Sinduscon, Aelotap e o GBC Brasil (Green Building Council).


Atuações que exigem tanto conhecimento técnico como a gestão de elacionamentos. “Nós queremos crescer e assumir cargos de gestão, mas para isso devemos estar sempre antenadas a novas tecnologias, termos foco e atenção a detalhes e organização para termos melhores oportunidades. O conhecimento técnico é o que vai nos diferenciar no mercado. A Inconew é uma empresa com pensamento moderno que valoriza o profissional, independente do seu gênero, classe social ou etnia. O que importa é sua qualificação dentro da atividade que irá exercer e seu comprometimento com a empresa. Possuímos mulheres tanto em cargos de gestão quanto no canteiro de obras”, diz Christianne.


O futuro nas mãos das mulheres

Além de promover a liderança feminina em um setor notadamente dominado pelos homens, a Inconew também firma no profissionalismo das mulheres sua atuação social e de responsabilidade com a sociedade. “É um compromisso expresso nosso. A nossa entrega deve ser também a de um mundo melhor. Isso inclui a responsabilidade socioambiental, a transparência, a cooperação e a proximidade nos relacionamentos. Para isso atuamos também para impactar o ambiente em que estamos”, observa Pedro Paulo Ferreira, CEO da Inconew.


E por impactar o ambiente, a Inconew entende cuidar da sociedade e de seus colaboradores. Para isso ela atua em duas frentes distintas: o programa Inconew Reconhece e o Instituto Professus. Isabela Almeida, analista de recursos humanos, é um dos talentos na liderança dessas ações. O Instituto Professus é uma organização sem fins lucrativos nascida dentro da Inconew e que desenvolve por meio da educação as diversas capacidades de crianças e adolescentes que vivem em situação de vulnerabilidade social. O projeto surgiu em 2018 atuando com 300 crianças de Uberlândia com ações educativas envolvendo temas inovadores e de alto impacto social. Desenvolvemos ações e aula educativas de redação,

culinária, urbanismo, empreendedorismo, cultura e tecnologia, além da arrecadação de alimentos para as crianças durante o Covid-19. A mesma metodologia agora está sendo implantada junto à Casa da Criança Santo Amaro, em São Paulo, que acolhe mais de 250 crianças. “O trabalho é muito importante para a empresa, é uma forma de recompensarmos a sociedade e contribuirmos através da educação e novas experiências com o futuro das cidades onde atuamos”, explica Isabela.


“Queremos contribuir através da educação e de novas experiências” - Isabela Almeida, Analista de Recursos Humanos.

Porém, o olhar feminino de cuidado também é direcionado para os colaboradores da empresa. E esse é o foco de diversos trabalhos coordenados por Isabela, que está à frente de várias ações da empresa, como o Semente de Minas, onde foram plantadas diversas árvores na cidade, a horta comunitária nas obras que fornece hortaliças para todos os colaboradores, coleta seletiva e reciclagem dos resíduos das obras e as reuniões de DDS, que acontecem semanalmente. Além de todas essas ações, o reconhecimento dos colaboradores também é importante. No programa Inconew Reconhece, algo pouco valorizado hoje em dia, recebe da empresa enorme atenção: o tempo. O programa foi criado para reconhecer o tempo dedicado pelos funcionários ao desenvolvimento da empresa. Sim, eles são premiados pelo tempo de casa. E essa entrega é reconhecida com a devolução de tempo de qualidade para o time.


Para Isabela “é uma forma de estimular, motivar e recompensar os colaboradores, potencializando os nossos resultados e promovendo experiências incríveis aos mesmos. São viagens e experiências gastronômicas de qualidade que comunicam o

quanto valorizamos o tempo que eles dedicaram à Inconew”.


As mulheres na liderança


“Falar em um time qualificado é também falar de um time com diversidade e preparado para o diferente. Ter mulheres na liderança dos processos decisórios e na qualificação da equipe diz muito sobre a empresa que estamos construindo e sobre o legado que a Inconew quer deixar para o mercado. Isso reflete a missão que temos e enriquece todo ecossistema da construção, trazendo olhares diferentes sobre aquilo que desenvolvemos e soluções inovadoras. Isso se constrói com a formação de uma liderança que se adapta com rapidez, que pensa de forma ampla sem perder o cuidado com os detalhes. E tudo isso encontramos nas mulheres que inspiram a gente com dedicação e empenho”. Pedro Paulo Pina Ferreira - CEO da Inconew.


34 3306-8680 | 34 98415-7420

Av. dos Vinhedos, 200 - Gávea Office

Morada da Colina – Uberlândia

@inconewconstrutora | www.inconew.com.br


4 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page