iLink investe em vertical Low-Code e faz parceria com a Outsystems


O cenário de hiperconectividade pós-pandemia acelerou a necessidade e a urgência das empresas em melhorar seus processos de atendimento aos consumidores, que se tornaram mais exigentes quanto à experiência digital que vivem em suas aquisições de produtos e serviços. Diante do aumento das demandas por inovações, o mercado de tecnologia teve que lidar com a escassez de tempo para o desenvolvimento de softwares nos moldes tradicionais, assim como a falta de profissionais em TI. Para solucionar estas questões, a iLink optou por investir em Low-Code, plataforma de pouco código, criando uma nova vertical, em parceria com a Outsystems, que é líder global no mercado de plataforma. De acordo com pesquisa da Forrester Research, que realiza estudos de mercado sobre o impacto existente e potencial da tecnologia, a previsão é que em 2024 as plataformas em low-code representem 75% do total de softwares desenvolvidos. Ainda segundo a empresa, pesquisa publicada em 2020 indicou que 65% das organizações da área de TI não conseguem atender todas as demandas das áreas de negócios. Por meio destas plataformas, através de interfaces gráficas e drag-and-drop (arrastar e soltar), é possível reduzir ao máximo a escrita manual de código. Sendo assim, com poucas ações é possível escrever o equivalente a centenas de linhas. Novo Head: Marcelo Avelar Para implementação do Low Code, que é uma tendência do momento em tecnologia e soluções, a iLink criou essa vertical e contratou o Head Business Low Code, Marcelo Avelar. Com experiência de sete anos em soluções Low Code (OutSystems), Marcelo Avelar é o responsável comercial da iLink, que realiza a venda de tecnologias low-code no mercado de software brasileiro e serviços especializados. “Estou muito feliz em assumir este novo desafio, principalmente a frente de uma vertical que é a ‘bola da vez’ quando o assunto é solução em TI. Essa iniciativa da iLink em investir em Low Code, só reforça a preocupação em levar para seus clientes e para o mercado as melhores iniciativas e soluções em tecnologia”, ressalta o Head. O executivo destaca uma das principais vantagens que justifica este investimento. “O low-code tem como principal vantagem a agilidade na entrega de softwares fazendo com que a organização crie soluções de forma rápida e sem perder escalabilidade. A solução é bastante utilizada por grandes corporações e médias empresas que têm alta demanda no desenvolvimento de soluções, e, consequentemente, diversas equipes de TI. Em vez de usar linguagens de programação complexas, pode-se empregar interfaces visuais com lógica básica e recursos de arrastar e soltar em uma plataforma de desenvolvimento da modalidade”, explica. Sobre a nova parceria, o executivo destaca que nada melhor do que se unir a líder mundial em Low Code, podendo acelerar, simplificar e baratear os processos de desenvolvimento de software. “Com tamanha oportunidade a ser explorada no mercado, a parceria com a Outsystems permite a construção sólida para a entrega de projetos de forma rápida e eficiente. O objetivo da iLink é se consolidar como referência em Low Code no mercado, e se posicionar com a maior empresa é levar o que há de melhor para os nossos clientes”, finaliza Marcelo Avelar.

3 visualizações0 comentário