Filme produzido em Uberlândia ganha estreia no Japão

O longa, "Valentina", disponível na Netflix, chega aos cinemas japoneses no dia 1 de abril.

Foto: Divulgação Metrópole


O filme produzido em Uberlândia e em Estrela do Sul, ambas cidades mineiras, conta a história de uma adolescente trans, Valentina (Thiessa Woinbackk), que se muda para o interior de Minas Gerais com a mãe (Guta Stresser) e enfrenta o desafio de se matricular com seu nome social.

Após conquistar 23 prêmios em festivais ao redor do mundo e entrar para o catálogo da Netflix, o filme acaba de ganhar distribuição e data de estreia no Japão. Protagonizado pela influenciadora digital, Thiessa Woinbackk, a atriz que interpreta Valentina, também é uma mulher trans e já garantiu 4 prêmios de atuação pelo trabalho no filme em festivais, como Outfest Los Angeles, Mix Brasil, Mostra Internacional de Cinema de São Paulo e Festival de Cinema de Seattle.


O longa tem produção de Erika Pereira dos Santos e produção executiva de Hebe Tabachnik, Natália Brandino e Walter Junior. Produzido de forma independente pela Campo Cerrado Produções, o filme tem produtora com sede em Uberlândia, apoio da Secretaria Audiovisual, do Edital de Longas de Baixo Orçamento 2016 (SAV/Ancine), parceria com o Fundo Setorial do Audiovisual e distribuição da Angrama Filmes.


Fonte: Diário de Uberlândia

1 visualização0 comentário