Empresas e órgãos públicos em Uberlândia apostam em automação de processos para economia de papel

Automação já economizou R$1,49 milhões em papéis pela Universidade Federal de Uberlândia.

Foto: banco de imagem


Além de agilizar o trabalho manual, ferramentas de automação ajudam também a economizar papel e contribuir para o meio ambiente. O Santa Genoveva Complexo Hospital é um exemplo: a unidade automatizou alguns processos internos e externos do hospital que demandavam o uso do papel e, segundo o CEO, Edemir Beltrame, reduziu 40% da quantidade de papel que utilizavam nos primeiros três meses de implementação.


A Universidade Federal de Uberlândia (UFU) também foi a instituição que aderiu aos processos online. Com início da implementação em 2017, os primeiros dois anos geraram a economia de R$1,49 milhões em papéis pela universidade.


A Prefeitura de Uberlândia foi outro órgão a aderir ao uso da automação. O município disponibilizou um sistema eletrônico sustentável para procedimentos internos, o E-docs, e economizou o equivalente a 10 mil documentos somente no primeiro mês de implementação.



Fonte: Diário de Uberlândia

3 visualizações0 comentário