Emater-MG conclui estudo de caracterização de região produtora de Queijo Minas Artesanal

A região é um dos mais importantes patrimônios naturais, históricos, turísticos e religiosos de Minas Gerais.

Foto: Divulgação / Emater-MG


A Emater-MG concluiu o estudo “Caracterização da Região Entre Serras da Piedade ao Caraça como produtora de Queijo Minas Artesanal”. Os municípios estão localizados entre a Serra da Piedade e a Serra do Caraça, dando origem ao nome "Entre Serras da Piedade ao Caraça". O trabalho de levantamento histórico e produtivo regional será encaminhado nos próximos dias para a Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa) para análise e depois segue para avaliação do Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA). A nova região contempla os municípios de Catas Altas, Barão de Cocais, Santa Bárbara, Rio Piracicaba, Bom Jesus do Amparo e Caeté.


Atualmente são 1,4 mil queijos sendo produzidos mensalmente na região. O estudo de caracterização avaliou o processo de fabricação do queijo, juntamente com a história, a economia, a cultura e o clima da região. No trabalho, é feita a caracterização do meio físico e também um levantamento de informações dos produtores. “A região Entre Serras da Piedade ao Caraça é detentora de um 'saber fazer' queijo artesanal, que remonta os tempos do Brasil Colonial. No levantamento, constatamos elementos técnicos de atributos do meio físico e o modo de produção do queijo nos municípios, característicos de uma região produtora de Queijo Minas Artesanal”, esclarece.


Fonte: Agência Minas

1 visualização0 comentário