Dedicação ao desenvolvimento socioeconômico marca os 45 anos da CDL Uberlândia

A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Uberlândia completa no dia 19 de fevereiro, 45 anos de atividades em defesa do associativismo e da construção de um ambiente de negócios capaz de gerar competitividade, empregabilidade, renda e equilíbrio social para nossa cidade.

Foto: Divulgação


Forte atuação política

A entidade, que está entre as mais representativas do sistema CNDL - Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas, é reconhecida nacionalmente por sua atuação política-institucional, focada em proteger os interesses empresariais e reivindicar mudanças na legislação, a fim de garantir um Estado mais liberal, justo e democrático para aqueles que desejam trabalhar, empreender e crescer com menos interferência do Estado.


Soluções diversificadas

Hoje, a CDL oferta um amplo portfólio de soluções para alavancar o ciclo de negócios de empresas de diferentes segmentos, portes e etapas, atuando nas áreas de gestão operacional, financeira, segurança de negócios, recuperação de inadimplência, captação de novos clientes, organização de eventos, educação corporativa, formação profissional, mentorias e consultorias em Gestão de Negócios In Company.

“O nosso objetivo é elaborar junto com o associado um plano estratégico bem estruturado, no qual ele possa enxergar o negócio sem miopia, de forma realista, ampla e integrada para identificar oportunidades e ameaças, corrigir falhas e criar planos de ação com os recursos disponíveis. As nossas soluções foram desenvolvidas exatamente para que ele possa ser mais assertivo em todas as tomadas de decisão”, compartilhou a gerente de Soluções e Negócios da CDL, Renata Barbosa.


Responsabilidade social

A partir da necessidade identificada pela entidade de contribuir com o desenvolvimento socioeconômico, cultural e social de nossa cidade, surgiu a Fundação CDL, instituição sem fins lucrativos que, por meio de ações educacionais, fomenta há quase 3 décadas, melhores condições de empregabilidade e competitividade empresarial.

Com o apoio das empresas e organizações parceiras, a Fundação CDL cumpre com o propósito de formar e inserir jovens talentos no mercado de trabalho, aperfeiçoando suas habilidades e competências. “Tudo que conquistamos só foi possível porque acreditamos no poder transformador da educação e lutamos diariamente para garantir oportunidades iguais de desenvolvimento profissional”, afirmou o presidente da Fundação CDL, Oswaldo Luiz Pereira.


A voz do associado

Para ampliar a voz da iniciativa privada e buscar alternativas viáveis para a resolução de problemas, a CDL lançou recentemente a Central de Apoio ao Empresário.

O canal é um espaço onde os associados podem solicitar ajuda ou compartilhar dúvidas, reclamações, sugestões e propostas que são trabalhadas através de ações judiciais coletivas, reuniões e demandas aos órgãos competentes.

A entidade também oferece assessoria jurídica gratuita e, periodicamente, realiza pesquisas a fim de mapear as necessidades e demandas das empresas locais.

“Embora muitas questões estejam acima de nossa jurisdição e autonomia de decisão é nosso propósito trabalhar para viabilizar o debate. Acreditamos que todo esforço conjunto pode transformar realidades e toda mudança começa por pequenas ações”, ponderou a superintendente da entidade, Lécia Queiroz.


Palavra do presidente

“Queremos agradecer e homenagear os nossos associados e os nossos colaboradores pela confiança e por seguirem ao nosso lado, transformando o ambiente de negócios. Com o apoio dos nossos associados, damos voz a uma luta incessante por tributações mais justas, menos burocracia para empreender, maior flexibilização das relações de trabalho e uma legislação idônea, capaz de garantir segurança jurídica. Ser empresário no Brasil é assumir o papel do herói anônimo, que promove o equilíbrio social e abre suas portas para que outros também possam prosperar. Juntos somos muito mais fortes”, conclui Cícero Novaes.

209 visualizações0 comentário