Construções sustentáveis

O ideal é buscar um bom profissional que entenda sua necessidade e elaborar seu projeto.


Por Marcelo Góes

Fotos Divulgação


Desde o planejamento até o acabamento final, construções sustentáveis representam uma abordagem mais responsável com o meio ambiente. Construir de modo sustentável requer estar atento para amenizar os impactos ambientais e aproveitar os recursos naturais com a máxima eficiência, muitas vezes fazendo uma releitura no uso de determinados materiais aplicados na construção. Na atualidade, quando falamos de construções sustentáveis, por exemplo, dentre outras opções de materiais utilizados, temos um que tem crescido vertiginosamente, que são as construções com o uso dos containers marítimos, que sem dúvida cresceu muito nos últimos anos, com lindos projetos mundo afora, sejam residenciais ou comerciais, inclusive na cidade de Uberlândia, onde já temos variadas aplicações com os containers marítimos aproveitados na construção de stands de venda, casas, lojas e até mini shopping, todos feitos com estas caixas modulares, normalmente coloridas, chamadas de containers marítimos.



Do início da tendência

Na Inglaterra dos anos 90, a ideia de transformar containers em construções tomou corpo na mente de alguns arquitetos que viram módulos abandonados em docas ou perto de estações de trem e pensaram em novas formas de utilizá-los. Segundo registros históricos, porém, existem pedidos de patente de 1850 com o objetivo de transformar vagões antigos de trem (que têm quase o mesmo formato) em restaurantes fixos, o que pode retroceder o uso do conceito de reaproveitamento de módulos prontos na construção civil a momentos mais anteriores ainda.


Da viabilidade x custos

Quando falamos de viabilidade x custos, temos que ter em mente que uma comparação deve seguir critérios específicos, para ser no mínimo justa e válida, bem como entendermos o momento e o projeto idealizado onde será aplicado. Existe um senso comum de que construir com Container Marítimo é naturalmente mais barato, porém devemos nos perguntar: será que isso é real e vale como referência para todas as construções usando containers marítimos? Fazendo uma análise mais aprofundada, observaremos que a mão de obra de um servente de pedreiro ou o próprio pedreiro é normalmente mais barata que profissionais especializados para corte, solda, movimentação de materiais, que exige caminhão munck ou guindaste, como ocorre na maioria dos casos, na utilização de obras com container marítimo, além das matériasprimas para reforços, requadros e acabamentos básicos, que é o ferro, que inclusive nos últimos anos sofreu elevadíssimas altas de preços. Com as vantagens de robustez, agilidade da obra, flexibilidade para desmontar e remover tudo para outro local, garantindo assim a reutilização de materiais, podemos dizer que construir com containers marítimos traz em si mesmo um dos pilares das construções sustentáveis e é, sem sombra de dúvidas, uma ótima alternativa no meio da construção civil.


Da construção sustentável em nosso dia a dia

Exemplos exatamente destas características, de construções sustentáveis utilizando containers marítimos, podemos observar em Uberlândia no projeto do Container Village Mall, que conta com uma combinação de Alvenaria, estrutura metálica com Stell Deck e, na 1ª fase, 13 containers marítimos, sendo mais 16 containers já planejados na 2ª fase, no processo de expansão.


Container Village Mall

- 28 Containers Marítimos nas duas fases do projeto / Luminárias feitas de Garrafão de 20 litros / Terraço e Deck panorâmico.

- Mesas feitas de sacolinhas de supermercados / Bancos feitos de sacolinhas de supermercados / Parquinho Infantil.

- Iluminação de LED / Praças de Alimentação com ventilação e Iluminação naturais / Geração de energia fotovoltaica.

- Captação e reuso das águas das chuvas / Piso aplicado no pátio interno permitindo a drenagem da água / Elevador / Estacionamento interno. Assim, caso tenha um projeto mais simples, pode sim ficar mais barato, porém em um projeto mais elaborado, com as necessidades de muitas intervenções no container, essa relação de custo mais barato, no caso do container marítimo, vai se perdendo e pode ficar até mais caro do que uma obra de alvenaria, ou seja, o ideal é buscar um bom profissional que entenda sua necessidade e elaborar seu projeto, afim de precificar o mesmo e poder fazer sua melhor opção.


Marcelo Góes

Instagram: containervillage | YouTube: Container Village Uberlândia

E-mail: marcrigobrasil@gmail.com

1 visualização0 comentário