Casal de produtores de Ituiutaba investe na produção do Queijo Minas Artesanal

Em busca de valorizar o leite produzido em agricultura familiar, o casal aproveitou o conhecimento com queijos para iniciar no ramo.

Foto: Divulgação/Uai Sô Queijaria


Insatisfeitos pelo baixo preço pago pelos laticínios da região, um casal de produtores de leite, em Ituiutaba, no Triângulo Mineiro, decidiram buscar ajuda do escritório local da Emater_MG, empresa vinculada à Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa) para encontrar uma saída em valorizar o leite produzido na propriedade de 16 hectares que funciona em regime de economia familiar.


Carlos Cunha e Sangisleia Cunha, conhecida como Leia, receberam a proposta do engenheiro agrônomo da Emater-MG, Reginaldo Ângelo de Souza, em deixar de fornecer o leite in natura e o queijo frescal que produziam, para investir no Queijo Minas Artesanal. A proposta era aproveitar um talento cultural nato da família do casal. “Na família de ambos, a produção de queijos era tradicional. Eles tinham o conhecimento e toda a estrutura para a produção de leite. Além disso, o produtor tem habilidades de adaptar tecnologias e inventar equipamentos. Ele inventou uma prensa para espremer a massa de queijo”, revela Reginaldo de Souza.


Segundo o técnico da Emater-MG, foi nesse contexto que a empresa acabou sendo procurada para ajudá-los na nova empreitada: construir uma agroindústria dentro dos padrões legais exigidos para o Queijo Minas Artesanal. Nascia assim, há cerca de três anos, a Uai Sô Queijaria da Leia. Os produtos são comercializados no município e região.

Agora com a orientação dos extensionistas da Emater-MG, falta pouco para o Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) emitir o Selo Arte. Com essa chancela, o queijo também poderá ser comercializado em todo o Brasil.


A implantação do Programa do Queijo Minas Artesanal no Município de Ituiutaba foi uma das iniciativas contempladas pelo prêmio interno MelhorInovAção 2020. O concurso da Emater-MG elege os melhores trabalhos desenvolvidos por seus funcionários que tenham obtido resultados relevantes para a empresa ou para seus clientes.

Fonte: Terezinha Leite - Ascom/Emater-MG com alterações

5 visualizações0 comentário