Atletas uberlandinos voltam dos Jogos Paralímpicos com recorde de medalhas

Com 6 medalhas, os atletas Paralímpicos de Uberlândia bateram neste ano, o número de medalhas conquistas em 2016 nos Jogos Paralímpicos.

Gabriel Bandeira, Laila Abate, João Pedro Brutos, Alexandre Vieira, Ruan Souza, Gabriel Melone e Vanilton Filho. Foto: Ares Comunicação


Aconteceu na última sexta-feira(10) a recepção dos atletas Paralímpicos moradores da cidade de Uberlândia que foram representar o Brasil nos Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020, por uma coletiva de imprensa no Praia Clube.


"Conquistei o sonho de muitos atletas, isso foi muito bom pra mim e será somente o começo", afirmou Gabriel Bandeira, atleta de apenas 21 anos que garantiu ao país o primeiro ouro nos Jogos Paralímpicos de Tóquio, levou a prata em sua segunda prova e outras duas medalhas de bronze.


"Foi uma experiência única. Cada vez que nós vamos a competição dessa magnitude a sensação é indescritível e incomparável", afirmou Alexandre Vieira, treinador de natação Paralímpica do Praia que também esteve na delegação. "A gente cumpriu um papel muito positivo. Estamos com uma galera jovem que está fazendo a renovação, não só da natação paraolímpica do Praia, mas também do Brasil."


Ruan Souza, medalhista paralímpico e campeão mundial também afirma que os resultados foram muitos positivos dentro do cenário de pandemia. "Nós tivemos bons resultados, dentro do que foi programado, pois dentro da pandemia os treinos foram bem complicados também. Mas, foi a minha melhor colocação individual até hoje, 5º melhor do mundo em um paralimpíada, então foi bem importante para mim"


Conquistas

1 medalha de ouro nos 100m borboleta: Gabriel Bandeira - a PRIMEIRA medalha de ouro do Brasil nas Paralimpíadas Tóquio 2020, com direto a RECORDE PARALÍMPICO.

2 medalhas de prata nos 200m livre e 200m medley: Gabriel Bandeira - com direito à RECORDE DAS AMÉRICAS nas duas provas.

2 medalhas de bronze no revezamento 4x50 livre e no revezamento 4x100 misto S14: Laila Abate, Gabriel Melone e Gabriel Bandeira, com direito a RECORDE MUNDIAL do Gabriel Bandeira na abertura do revezamento para a prova de 100m livre e RECORDE DAS AMÉRICAS no revezamento 4x100m livre S14.


TOP10:

🏅 4º melhor do mundo no revezamento 4x100m livre: Vanilton Filho

🏅 5º melhor do mundo nos 100m peito: Ruan Souza

🏅 7º melhor do mundo nos 100m peito e o atleta mais jovem da natação paralímpica: João Pedro

🏅 7º melhor do mundo nos 50m borboleta: Gabriel Melone

🏅 7ª melhor do mundo nos 400m livre: Laila Abate

🏅 7º melhor do mundo no revezamento 4x100m medley: Ruan Souza

🏅 9º melhor do mundo nos 200m medley: Ruan Souza

🏅 9º melhor do mundo nos 100m livre: Laila Abate

🏅 9º melhor do mundo nos 100m costas: Gabriel Bandeira

Foto: Praia Clube


8 visualizações0 comentário