André Justino combina experiência e inquietação permanente

“A educação tem raízes amargas, mas os seus frutos são doces”.

Publi Editorial

Foto Gutto Silva


O criador e CEO da StartupWin, André Justino, é considerado um business man da nova economia. Aprimorou, ao longo da vida, a capacidade de enxergar oportunidades de negócio onde o senso comum não alcança. Atuou, por mais de 20 anos, como consultor em gestão empresarial e de pessoas.


Por meio de experiência e expertise, sabe fazer perguntas-chave ao examinar ideias, embriões de projetos e pertinência dos mesmos na dinâmica dos cenários apontada pelas tendências do mercado contemporâneo de inovação.


Uberlandense de nascimento, cursou Comunicação e Marketing pela Universidade Federal de Uberlândia e participou de diversos congressos e seminários Internacionais, antes de fundar a StartupWin – empresa engajada no ecossistema da FCJ – Venture Builder. Expandiu conhecimento em eventos na área da Antropologia, entre outros, no Japão, Grécia, Egito, França, EUA, Tailândia, México, Inglaterra e Espanha. Realizou consultoria e treinamentos in company para mais de 900 empresas, como Nestlé, Sabesp, Magazine Luiza, Luiza Cred, emissoras da Rede Globo e Grupo Votorantim.


Casado e dono de facilidade notável de se relacionar com pessoas, o pragmatismo de André Justino é alicerçado nos componentes da sua personalidade e na busca incessante de novos conhecimentos.


O repertório multidisciplinar com foco na essência do conceito de inovação revela uma visão de mundo plural e coesa. Na área do conhecimento, cita o filósofo grego Aristóteles, para quem “A educação tem raízes amargas, mas os seus frutos são doces”. Sempre atualizado, pensa inovação à luz da realidade do mundo digital, onde sobressaem os fundamentos da economia colaborativa e em rede.


StartupWin

Criada em 2020, no início da pandemia C-19, é uma empresa integrante da FCJ Venture Builder – a maior do gênero na América Latina. É pioneira enquanto franqueadora de startups, agrega acima de 450 investidores e mais de 70 empreendimentos.


Com um modelo Inovador de franquia multissegmentar, único, altamente rentável e uma evolução das franquias tradicionais, a StartupWin oferece modelo flexível; sem royalties; sistema híbrido com home base; atuação nacional e internacional; amplitude multissegmentar; e respaldo na alta tecnologia.


Na StartupWin, o cliente é mais que um franqueado. Torna-se sócio–operador, investidor e parceiro de negócios com diferentes formas de ganhar e crescer. Respira tecnologia, inovação constante e sustentabilidade. Considera primordial o bem-estar do ser humano e a busca por perfis empreendedores de pessoas que gostem de inovação e tecnologia.


Startups em destaque

Dentre as várias startups que integram o ecossistema FCJ Venture Builder, a StartupWin investe em empreendimentos testados e maduros, que respondem, com resolutividade notável, às necessidades da realidade contemporânea. Reúne 15 franqueados no Brasil e um em Portugal. O modelo de negócio inovador permite ao franqueado trabalhar em vários segmentos (energia renovável, telemedicina, varejo, indústria, saúde, entre outros) e não tem limitação de área.


Flux Energy é uma distribuidora de energia solar, limpa e renovável, que fornece descontos na conta de energia sem precisar de obra, manutenção ou fidelidade. Atende residências e empresas de baixa, média e alta tensão. É a mais completa no segmento de energia renovável e o mercado está em plena expansão, por conta do aumento de consumo de energia e a escassez hídrica.


Sobre a Flux Energy, o CEO da StartupWin, André Justino, revela que “o nosso objetivo é crescer 500% ao ano. “A dimensão do mercado consumidor é gigante. Recebemos indústrias, comércio, pessoas físicas, redes de média e alta tensão, construção de usinas. O mercado é muito grande”.


Woli Ventures é uma empresa voltada para educação, marketing e varejo, com um portfólio de sete startups. Dispõe de uma equipe de alto nível, que tem surpreendido os investidores que acreditaram no caráter promissor do projeto. Está presente em mais de 70% do território brasileiro e no exterior, com projetos em países da América do Sul – Argentina, Bolívia, Chile e Colômbia, e América Central – México. Objetivo da Woli Ventures é conectar negócios de educação e varejo à ideias inovadoras por meio do modelo de Venture Builder. Com base na cultura de Open Innovation (inovação aberta), busca soluções inovadoras no mercado para serem desenvolvidas junto às startups. Compartilha estrutura, knowhow, canais de mercado, rede de mentores, serviços contábeis e jurídicos, entre outros.


FUI é uma startup de mobilidade urbana nascida em 2019 com o objetivo de revolucionar o segmento de viagens e entregas. A marca experimenta crescimento rápido, muita qualidade e atua em quase 30 cidades, nos estados de SP, MG, BA, CE, RO e ES. Tem foco apontado para a valorização do colaborador. O aplicativo de mobilidade estabelece uma relação diferenciada com os motoristas parceiros.


“A FUI é uma startup de mobilidade e entrega que oferece, ao mercado, um olhar diferenciado. Temos claro em nossa estratégia que os motoristas e entregadores são pessoas chave para o nosso negócio. Por isso, merecem a devida atenção e valorização”, diz André Justino, CEO da FUI. Ao selecionar prestadores de serviços, a FUI leva em conta educação, comportamento, excelência da conservação e limpeza do veículo e qualidade no atendimento.


We Press Club surgiu da parceria visionária de dois empreendedores de sucesso, André Justino, CEO da StartupWin e Luiz Henrique Miranda, Diretor da Agência Amigo - Comunicação Integrada. Definese como ponte entre quem faz comunicação e quem precisa de talentos para transmitir sua mensagem.


Reúne jornalistas e profissionais de relações públicas alinhados aos propósitos do desenvolvimento sustentável e regenerativo. Propõe atender o mercado conectando veículos e instituições com profissionais de comunicação qualificados em todo território nacional; Oferece agilidade, capilaridade e desburocratização.


“A We Press Club auxilia o mercado no que tange à cobertura jornalística e produção de conteúdo. Dispõe de profissionais distribuídos em todo território nacional, preparados por nós para atender a cultura de cada empresa e os padrões editoriais dos veículos contratantes”, diz o jornalista e COO Luiz Henrique Miranda.

6 visualizações0 comentário