Alteração na Lei permite que Uberlândia faça parcerias com projetos de empreendedorismo

Só no ano de 2020, o município registrou 52.479 novos MEI.


Foto: www.camarauberlandia.mg.gov.br


No dia 13 de julho, o prefeito da cidade de Uberlândia, Odelmo Leão, sancionou a alteração da Lei Complementar 537, de 2011, que passou a estar em vigor após ser publicada no Diário Oficial do Município (DOM), na última terça-feira (27).


A alteração beneficia o poder público, empreendedores e a comunidade ao incluir educação financeira, inovação, noções de direito e cidadania, permitindo que o Poder Público Municipal possa promover parcerias com instituições públicas e privadas para projetos de educação empreendedora.


De acordo com a pesquisa feita pela Globo do dia 2 à 5 de março deste ano, 60% dos jovens de até 30 anos querem ser empreendedores com desejo de independência financeira para fugir do desemprego e autonomia no trabalho. Além dessa fatos, segundo a Aciurb, Uberlândia registrou, em 2020, um aumento nos registros de Microempreendedores Individuais (MEI), um total de 52.479 novos registros.

38 visualizações0 comentário