Agricultora de 88 anos é referência na família de produtores de café em Varginha

A produção de café é a maior com até 300 sacas por ano, vendidas para as cooperativas da região.

Foto: Emater/MG


Aos 88 anos de idade, dona Maria Isolina de Souza, é referência como produtora de café em Varginha, no sul de Minas gerais. Com uma propriedade de 20 hectares, ela mantém as atividades no campo acompanhada de sua família.


Além do café, a família de dona Maria cultiva pequenas lavouras de outros produtos, como mandioca, batata, feijão e milho. A produção de café é a maior com até 300 sacas por ano, vendidas para as cooperativas da região. Com esse resultado, a família começou também a produzir cafés especiais, e o resultado logo apareceu, com a vitória no 4º Concurso de Cafés Especiais da Cooperativa dos Produtores de Café Especial dos Martins (Coopercafem).


Maicon de Souza, de 25 anos, é o neto mais novo da dona Maria Isolina que trabalha com a produção de café na propriedade. Ele conta serem oito pessoas da família trabalhando na lavoura e afirma que a avó ainda faz questão de trabalhar com o café. “O serviço de mexer o café no terreiro para secar é ela que gosta de fazer”, diz.


Fonte: Agência Minas

1 visualização0 comentário